5 livros favoritos

9 de junho de 2012

Eu sei que estou 6 livros atrasada no Desafio Literário desse ano e que não terminei de ler nenhum livro em maio, então no lugar de postar sobre minhas leituras do mês, decidi falar sobre cinco dos meus livros favoritos. Repare que eu não escrevi "os" cinco livros, porque eles mudam constantemente, mas esses figuram sempre perto do topo:


The Great Gatsby, de F. Scott Fitzgerald (1925)
Já falei um pouco sobre ele aqui. O livro é fininho, só 188 páginas, e eu li em uma única tarde numa dessas edições da Penguin Classics que são bem baratas e cabem em qualquer bolsa. Achei uma leitura não muito complicada e envolvente, retratando uma das minhas épocas favoritas, os anos 20.

Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski (1886)
Esse já é um pouquinho mais denso, mas não menos incrível. Conta a história de Rodion Romanovich Raskolnikov (eita nome complicado!), um ex-estudante universitário empobrecido e pertubado que decide cometer um crime justificando que isso trará um benefício maior para a sociedade. O livro tem quase 600 páginas, mas é tão bem escrito e fascinante que faz o tempo passar muito rápido. Tenso, sufocante, dramático, fatalístico... acho que é um dos melhores livros já escritos de todos os tempos.

As Aventuras de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll (1865)
Quando eu era criança, minha mãe chegou em casa um dia com um monte de filmes (ainda em VHS!) para a minha irmã e eu. Um deles era o filme animado Alice no País das Maravilhas, lançado pela Disney em 1951. Me apaixonei pela história e vi o filme milhares de vezes, mas só vim ler o livro um anos desses. Só já crescida consegui entender melhor os vários temas tratados pelo livro, como as mudanças absurdas de tamanho que Alice sofre representarem o desconforto de se passar pela puberdade, ou como as situações ilógicas e bizarras que ela encontra serem uma alusão ao fato de que algumas coisas na vida nem sempre são como nós esperávamos. Outros temas, como a ideia de que a morte está sempre por perto ("Cortem a cabeça dela!") tornam o livro mais sério e complexo, permanecendo ao mesmo tempo divertido e curioso.

Harry Potter e a Ordem da Fênix, de J. K. Rowling (2003)
Acho que não preciso de muita explicação, Harry Potter marcou a minha infância e adolescência e é inevitável que estivesse nessa lista. O problema é escolher só um e, apesar de o quinto volume não ser o favorito de muitos fãs, foi o que mais me marcou. É nesse livro que conhecemos Luna Lovegood (minha personagem favorita), ficamos sabendo sobre a profecia, temos aquela parte fantástica do Ministério da Magia, choramos com a parte mais triste de Sirius, aprendemos sobre a importância e a dificuldade de se manter unidos, leais e honestos.... Esse é também um livro com temas mais sérios do que os volumes anteriores, como a opressão do governo e o controle do sistema educacional.  Enfim, conheço muitas pessoas que nunca leram essa série e gostam de tirar onda, mas mal sabem elas o que estão perdendo.

A Guerra dos Tronos, de George R. R. Martin (1996)
Comprei os três primeiros volumes de As Crônicas de Gelo e Fogo numa ótima promoção ano passado. Enrolei para começar a ler, como geralmente faço, mas depois não consegui largar até terminar os cinco volumes já lançados. É uma história cheia de pontos de vista diferentes, personagens complexos e lugares com nomes difíceis. Se passa numa terra fictícia e medieval e narra - entre muitas outras coisas - a disputa pelo Trono de Ferro. Uma mistura de jogo político e luta pelo poder com um mundo fantasioso de dragões, wargs e feitiçaria que deu muito certo. Só espero que a saga tenha um fim decente! Por mais que a série da HBO seja épica, ela não faz jus aos livros.

4 comentários

  1. É por causa de posts como esses que eu sinto um baita orgulho de ser sua irmã! <3

    ResponderExcluir
  2. adorei carol, tbm estão entre os meus preferidos o grande gatsby e Alice :D Os outros não li, mas vc me deixou com mais vontade de ler :D

    ResponderExcluir
  3. "Os Irmãos Karamazov" é mais épico e psicologicamente denso... Verdadeira obra-prima da literatura mundial.

    ResponderExcluir

© Desopilar. Design by FCD.