Desafio Literário: mês de julho - 2012

30 de julho de 2012

Eu sei, eu sei, mais de uma semana sem postar, mas estive tão ocupada dividindo o meu precioso tempo entre ler livros, assistir séries e filmes, jogar videogame e ainda por cima passar metade do dia dormindo que não deu para escrever nada aqui...

O mês vai acabando (mas já?!), então vou falar sobre os livros lidos nesse mês. Lembrando que esse é o segundo ano em que eu tento completar o Desafio Literário de ler 50 livros - estou atrasada um pouquinho dessa vez, mas já alcancei 50% da meta!

The Call of the Wild (O Chamado da Selva) - Jack London
Publicado em 1903 pelo norte-americano Jack London, o livro conta a história de Buck, parte São Bernardo, parte pastor escocês, que é forçado a sair de sua vida de cão doméstico na Califórnia e é levado a trabalhar na corrida do ouro no Alasca.

O livro é curto e bem direto, o próprio Buck é o narrador da história e apesar de ser com animais e tal, não acho que as aventuras e sofrimentos que ele passa sejam voltados para o público infantil. Achei o tema principal do livro, a ideia de que existe um instinto primitivo básico em todos que se manifestaria dependendo do ambiente adequado, muito interessante. Tive vontade de ler depois de assistir o filme Na Natureza Selvagem.

Tô com vontade de uma coisa que eu não sei o que é - Tati Bernardi
Tati Bernardi é paulista e roteirista de cinema e TV, colunista e cronista de revistas como a Revista ALFA. Tô com vontade de uma coisa que eu não sei o que é é um de seus quatro livros publicados, reunindo crônicas sobre o dia a dia. Muito fácil e divertido de ler, ela é muito engraçada (e meio maluquinha) e sabe escrever muito bem. Ela tem um blog muito legal aqui.

As Brumas de Avalon (The Mists of Avalon) - Marion Zimmer Bradley
A Tatiana Feltrin falou sobre esses livros em um vídeo do final de 2009 (!), anotei na minha lista de Livros Para Ler e finalmente consegui lê-los. As Brumas de Avalon, escrito pela norte-americana Marion Zimmer Bradley e publicado em 1979, é dividido em quatro volumes: A Senhora da Magia, A Grande Rainha, O Gamo Rei e O Prisioneiro da Árvore. Passei uma semana devorando esses livros, que contam a história do Rei Artur e os cavaleiros da Távola Redonda, mas do ponto de vista das mulheres, como Guinevere e Morgana.

Eu não sabia nada sobre a literatura arturiana além do que vi em filmes como A Espada Era a Lei, da Disney, e o hilário Monty Python em busca do Cálice Sagrado, mas agora fiquei muito interessada em ler mais histórias e em ver outros filmes sobre o assunto. Fiquei com vontade também de assistir a minissérie produzida pela TNT em 2001, que é baseada na série Avalon, e também a série As Aventuras de Merlin, produzida pela BBC.

The Valley of Fear (O Vale do Terror) -  Sir Arthur Conan Doyle
O Vale do Terror é o quarto e último romance sobre Sherlock Holmes escrito pelo genial Sir Arthur Conan Doyle. Holmes, acompanhado pelo fiel Dr. Watson, precisa desvendar o mistério por trás do assassinato brutal de um homem dentro da sua própria residência. Publicado em 1915, o livro é dividido em duas partes, e apesar de a segunda parte não mostrar muito do próprio Holmes, acho que é um dos meus favoritos sobre o detetive até o momento.

Para quem não sabe, Conan Doyle publicou 4 romances e 56 contos sobre Sherlock Holmes. Se você nunca leu, recomendo muito, mais do que histórias de investigação policial, o próprio Holmes é um personagem fantástico e anti-social apaixonante! Você pode ler esse livro em português no Mundo Sherlock.

Duas Garotas (İki Genç Kızın Romanı) - Perihan Mağden
Duas Garotas é um desses livros estranhos, que eu não sei dizer se gostei ou não de ter lido. A autora, Perihan Mağden, é turca e aparentemente é conhecida por ser bastante polêmica. Às vezes a história do livro é interessante, mas muitas vezes simplesmente não faz sentido algum. O livro conta a história de amizade entre Behiye e Handan, duas adolescentes turcas de personalidades e origens completamente diferentes, e mostra também um pouco do estilo de vida na Turquia do século XXI. Publicado em 2003, o livro foi adaptado para o cinema em 2005, sob a direção de Kutlug Ataman. Infelizmente, não encontrei esse filme disponível em lugar algum.

6 comentários

  1. Brumas de Avalon *.* !!! Não sabia que tinha uma série. Irei assistir!!

    ResponderExcluir
  2. Onde posso encontrar Carol?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manu, eu procurei e não encontrei em canto algum, o torrent que tinha achado não saía do 0%... :(

      Excluir
  3. Quero muito ler "As Brumas de Avalon". Ainda não assisti o filme porque não li os livros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode pegar os meus emprestado, Palloma! Eu sei que você tem o maior cuidado do mundo, vide Jogos Vorazes.

      Excluir
  4. Un post tres interessant!Super!biz
    Angela Donava
    http://www.lookbooks.fr

    ResponderExcluir

© Desopilar. Design by FCD.