Retrospectiva Literária 2014

12 de dezembro de 2014

Retrospectiva Literária 2014
Minha tentativa de tirar fotos bonitinhas feito as que eu encontro no Flickr...
Ano passado fiz esse post falando sobre os livros que li durante o ano de 2013. Cá estou respondendo agora sobre os livros que li em 2014!

Esse ano foi meio triste no quesito Desafio Literário (e em muitos outros quesitos da minha vida também...). Li pouco, sem muito foco, acabei não lendo o que queria e lendo coisas aleatórias - que não foram ruins, veja só, mas não eram prioridade. Enfim, vamos lá:

Quantos livros você leu em 2013 (até agora)?
42. Se contar graphic novels, e nessa altura eu estou contando tudo! Acho que não vai dar tempo, nem estou com muita disposição para ler os 8 que faltam, apesar de ter vários perto de acabar. Não estou a fim e realmente não quero forçar a leitura só para terminar esse desafio.

Qual livro mais te decepcionou?
Uglies (em português, Feios), de Scott Westerfeld. Queria ler essa série há tanto tempo e... foi uma grande decepção. Não achei a história necessariamente ruim ou algo do tipo, só não consegui me empolgar na leitura. Também achei que o ritmo dos acontecimentos muito devagar, não fiquei com vontade de ler o resto da série. :(

Qual livro mais te surpreendeu?
Essa é difícil de responder. Tive várias surpresas boas, mas acho que ficarei com Me Before You (em português, Como Eu Era Antes de Você), de Jojo Moyes. Minha amiga Ray tinha falado muito bem dele, mas mesmo assim não entrei na leitura com muitas expectativas e acabei sendo pega de surpresa! Esse livro acabou comigo e me fez passar vários dias refletindo (e chorando também) sobre a história e até mesmo sobre acontecimentos da vida real (que eu decidi não comentar aqui por achar que talvez seja spoiler...).

Que livro te fez rir?
Spud (em português, Cotoco - o Diário (perversamente Engraçado) de Um Garoto de 13 Anos), de John van de Ruit. Ouvi falar desse livro pela primeira vez assistindo esse vídeo aqui da Tatiana Feltrin no Youtube. E sim, morri de rir, e sim, também chorei um pouquinho no final. Ainda quero ver o filme baseado nessa história, e só depois de rever o trailer algumas vezes que eu me liguei que o fofo do Troye Sivan que interpreta o próprio Cotoco!



Que livro te fez chorar?
Além dos dois anteriores, eu chorei inesperadamente (OK, nem tão inesperadamente assim, já que eu choro muito fácil...) lendo The Absolutely True Diary of a Part-Time Indian (em português, Diário absolutamente verdadeiro de um índio de meio expediente), de Sherman Alexie. Li numa sentada, ri, chorei e saí com vontade de indicar para todo mundo!

Quais foram os seus favoritos? (no máximo 5)
Essa coisa de escolher favoritos é sempre tão difícil para mim. Em ordem aleatória, seriam esses a seguir (mas não prometo que se você me fizer essa mesma pergunta amanhã a resposta será a mesma):
  1. Ficando longe do fato de já estar meio que longe de tudo - David Foster Wallace
  2. A Short History of Nearly Everything - Bill Bryson
  3. Battle Royale - Koushun Takami
  4. Bestiário - Julio Cortázar
  5. Bad Feminist: Essays - Roxane Gay

Que livro fez você ficar com vontade de grifar tudo?
Ficando longe do fato de já estar meio que longe de tudo, de David Foster Wallace. E nem fiquei só na vontade! Grifei metade do livro, mas o plot twist é que eu li no Kindle, então para mim foi bem mais fácil de sair fazendo anotações.

Quem foi sua personagem feminina preferida?
Pensando numa resposta para essa pergunta, me dei conta de algo triste: poucos livros que eu li tinham protagonistas femininas. Mas dos que li, fico com a Coraline Jones, do livro Coraline, de Neil Gaiman. Eu queria ter metade da coragem que essa menina tem!

E masculina?
O investigador Cormoran Strike, de The Silk Worm (em português, O bicho-da-seda), de Robert Galbraith (a.k.a. J. K. Rowling). Mas só porque ano passado eu já tinha respondido Adrian Ivashikov (❤), que apareceu dessa vez em Silver Shadows, quinto volume da série Bloodlines (spin-off da série Vampire Academy).

Qual é sua meta para o ano que vem?
Tentar ler 50 livros de novo, mas dessa vez procurar me sentir menos frustrada se não conseguir.

Se tiver curiosidade para ver a lista de livros que li esse ano (e nos anos anteriores), é só clicar aqui. E se você tiver uma conta no Goodreads, pode me adicionar por lá!

3 comentários

  1. Ta ai... eu deveria começar a contar quantos livros eu leio em um ano. Já que ano que vem eu vou estar efetivamente d̶e̶s̶e̶m̶p̶r̶e̶g̶a̶d̶a̶ formada acho que vai dar pra ler mais. Já vou levar todos do Guia do Mochileiro das Galaxias pra ler na praia e pretendo terminar os que eu comprei esse ano, esse ano. Só não sei se vou conseguir terminar o It do Stephen King porque ele ainda nem chegou...

    Eu quero te parabenizar por ter terminado o Feios. Não sei por que, mas quando eu comecei a ler fiquei imaginando a Shailene Woodley no papel e isso me pareceu tão errado, mas eu não consegui desestruturar esse pensamento e só cheguei até a cena em que ela conhece a amiga, por enquanto não consegui terminar e já faz alguns meses heh;

    O Como eu era antes de você por enquanto é o melhor livro que eu li esse ano, o problema dele é justamente isso de ficar ruminando eternamente depois que a gente lê, mas assim, não foi um ano muito variado, apesar de eu ter lido bem mais do que no ano passado, espero que eu continue ascendendo nesse aspecto;

    Me surpreendi com esse trailer ai, pois pelo título do livro eu pensei que o cotoco do menino fosse mais óbvio, vou tentar ver o filme, esse colégio dele tem uma vibe meio Sociedade dos Poetas Mortos for kids, mas vai ver eu não entendi nada também :P;

    Percebi que você tem um fraco por livros de nomes enormes, isso me lembrou o professor da minha banca de monografia que me disse que quando apresentou a própria monografia fez uma piada com a banca dele perguntando: "se eu falar o meu tema de monografia três vezes seguidas sem respirar, eu posso dispensar a defesa?", e ai ele me disse o tema dele e, uau, acho que dá um parágrafo só de título. Então eu fiz a mesma piada que ele antes de fazer a minha defesa, e um dia se eu for professora em alguma banca a gente pode continuar com essa defesaception...

    Ainda não li nenhum dos novos livros da J.K, mas ouvi falar que Cormoran Strike tem chance de virar série de TV, então vou deixar pra ler quando isso estiver mais perto de se concretizar. E que bom que seu amor pelo Adrian é equivalente ao meu pelo Dimitri, pelo menos assim a gente não precisa dividir nossos book crushes :)

    ResponderExcluir
  2. Meu Deeeus escrevi um livro! Desculpa Carol, é que gosto tanto dos seus posts que me empolguei heheh...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Ray, esse foi um senhor comentário! Vamos lá, por partes:
      1) Acho que você vai adorar ler O Guia, e eles são tão pequenos que dá pra ler bem rápido mesmo, então você já começa o ano com uns 5 livros lidos, ó!
      2) Eu demorei muuito tempo mesmo pra terminar de ler Feios, realmente não empolgou a leitura e eu saí me arrastando... Opinião talvez um pouco controversa: não termine de ler e vá ler outras coisas mais interessantes! :x
      3) Muito obrigada por me indicar o livro da Jojo, mas eu fiquei arrasada pós-leitura. Eu fiquei um tempão pensando se colocava ele no top 5 do ano também!
      4) Ri muito com o "sociedade de poetas mortos for kids"! Eu achei a história realmente muito engraçada!
      5) Adorei essa defesaception! xD
      6) E sim, a série de livros vai ser adaptada para a TV pela BBC One. Acho que você vai gostar de ler os livros!

      Excluir

© Desopilar. Design by FCD.