As fotos da viagem ficaram bem mais ou menos

1 de outubro de 2019

Faz tempo que quero voltar a postar aqui no blog, falar sobre essa viagem e sobre tantas outras coisas, mas tenho a sensação de que quanto mais tempo passa, mais difícil fica de escrever algo aqui. Também sou daquelas que acredita que ninguém mais lê blogs hoje em dia, até porque nem eu leio mais tantos blogs assim como antigamente... Só que a vontade de escrever é enorme, e mesmo que ninguém mais leia, não consigo ignorar isso. Depois de um empurrãozinho de umas amigas muito queridas, cá estou.

Começando a postar com essa viagem, a minha primeira para a 'MURICA! aos Estados Unidos que, veja só, foi em junho de 2018! Fui com meu namorado, nos encontramos com a família dele lá e fizemos meio que uma road trip por umas três semanas.


O primeiro trecho foi Recife → Miami, e apesar de ter sido só uma escala, temo ter conhecido praticamente todos os banheiros do aeroporto de Miami. Momento sincericídio: Veja só, foi bem na época que tinha decidido diminuir o consumo de carne e de produtos de origem animal, daí pedi uma refeição vegana na Gol. Eis que veio uma comida de caráter bem duvidoso: algo que me lembrava um bolinho de grão de bico frito (mas até hoje não tenho certeza), frutas e legumes murchos, frios e sem gosto. O que me salvou foram as bolachas e o pãozinho!


À esquerda: o mar em Miami. À direita: o Rio Colorado, já no estado de Nevada, próximo à Reserva Hoover, mas não tenho certeza so don't quote me on that.

Depois do aperto e de filas quilométricas na alfândega, pegamos uma conexão para Las Vegas, o primeiro destino da viagem. Deixamos as malas no hotel, compramos os chips de telefonia móvel e fomos comer num restaurante japonês próximo (onde falhei imediatamente com os meus planos de não comer nada de origem animal durante a viagem), já pelas 16h da tarde, verde de fome e cansada. Voltamos ao hotel só para dar um cochilinho e podermos sair à noite descansados... Mas fomos acordar quando já era quase meia noite, na verdade nem me lembro se jantei, só de voltar a dormir!


Das coisas que aprendi durante a viagem #1: Nunca confie quando disserem que "ah, arde só um pouquinho". Esse "pouquinho" é muito forte para quem não tem costume de comer coisas apimentadas!

Nos dois dias seguintes, fomos conhecer um pouco mais da cidade, e aí as minhas impressões foram se formando: que lugar mais brega! Haha, parece que estou falando mal, mas é tipo um brega chique, um brega divertido. Você tem que aceitar o brega, abraçar o brega, se tornar o brega. Não posso afirmar nada sobre a cidade além do que vi, que se resumiu basicamente à parte próxima à avenida principal, The Strip, onde ficam aqueles hotéis e cassinos famosos e luxuosos, mas Las Vegas passou muito a impressão de ser um enorme parque de diversões para adultos (bem brega e fake, só para reforçar).

Saímos andando e entrando pelos hotéis-cassinos para conhecê-los, tipo o Bellagio, onde foram filmadas cenas do filme Onze Homens e um Segredo. Além do famoso show das fontes na frente do hotel, é também conhecido pelo Jardim Botânico e Conservatório, que até o momento de escrever essa postagem, eu jurava que era decorado com flores falsas. Sério, de início eu achei o lugar fantástico, mas fui chegando mais perto e olhando as flores e elas pareciam todas tão perfeitinhas que eu passei a achar que só podiam ser falsas, haha. De acordo com esse site aqui, são naturais mesmo, o que torna tudo mais incrível ainda. A equipe responsável pelo jardim muda tudo cinco vezes ao ano de acordo com temas, tipo as estações do ano e o ano novo chinês. As flores são trazidas de vários lugares ao redor do mundo e ficam sob os cuidados de mais de 150 horticultores, 24 horas por dia! E aí, qualquer florzinha fora do padrão é removida e substituída por uma que se encaixe melhor, o que com certeza deu esse ar de fake para mim.



E aí você está andando sob o sol quente por essa avenida que, apesar de ter só uns 7 km de extensão, parece ser infinita, quando de repente, pá!, se depara com uma cópia da Torre Eiffel e do Arco do Triunfo. É o Hotel Paris Las Vegas, que dá pra enganar seus amigos e fingir que, sim, você está na França e deixá-los curiosos (não que eu tenha feito isso...).

Além desse, Las Vegas tem vários hotéis temáticos, com réplicas de pontos turísticos famosos, tipo o Caeser's Palace, um dos mais antigos da cidade, com estátuas, colunas e ícones relacionados a Roma Antiga. Já foi cenário de vários filmes tipo Rocky III, Rain Man e Se Beber, Não Case, mas para mim o destaque, definitivamente, foi ter sido o lugar onde o Joey trabalhou como gladiador no final da quinta temporada de Friends, no episódio Aquele em Vegas.

Outro hotel temático e que, no meu ranking imaginário, ganhou o prêmio do lugar mais "brega luxuoso" foi o The Venetian. Inspirado em Veneza, na Itália, o hotel tem réplicas de lugares como o Palácio Ducal, a Piazza San Marco, e da estátua do Leão de Veneza, entre outros pontos turísticos (que não reconheci porque nunca fui na Veneza de verdade... ainda!). E não é só isso, se você quiser fazer um passeio de gôndola com um gondoleiro cantando em italiano sob um céu eternamente ensolarado com algumas nuvens (por que sim, o céu também é fake), é só desembolsar U$39 dólares por 10-13 minutos de passeio.


Sim, o céu dessas últimas fotos era fake! Já nas fotos de baixo o sol de 38°C não era nada fake e pegamos uma bela fila para tirar fotos na frente desse letreiro icônico, que ficava no início da Las Vegas Boulevard/The Strip.


Coisas que eu achei: Las Vegas pareceu ser um lugar extremamente divertido, mas definitivamente não é a minha praia. Não acho que eu tenha o perfil de quem curte essa vibe de festa eterna, mas admito também que conheci muito pouco do lugar e deve ter um monte de coisas para fazer que sejam mais a minha cara. Caso eu passe por lá mais uma vez, vou fazer questão de ver um espetáculo do Cirque du Soleil e de tentar visitar o Grand Canyon, nem que seja num bate e volta.

De lá, alugamos um carro e fomos para a California, subindo de Los Angeles até São Franscico e passando pela Big Sur, mas fica para outra postagem!
© Desopilar. Design by FCD.